Notícias

Fique por dentro das novidades

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE OS PRIMEIROS DIAS DO BEBÊ.


São nove meses de espera, enjoôs, compras do enxoval até que, finalmente, você tem o seu bebê nos braços. A partir daí, uma outra rotina começa, envolvendo choro, amamentação, noites sem dormir e algumas fraldas sujas. Parece complicado, mas a Matic vai ajudar as mamães e papais de primeira viagem a entenderem sobre como funcionam os primeiros meses do bebê e adaptarem suas rotinas.

 

Amamentação 

Prepare-se, mamãe. Os primeiros dias com seu filho vão envolver a amamentação, que é recomendada até os 6 meses de vida, superimportante e benéfica para vocês dois. Apesar de parecer fácil, o processo de aleitamento pode ser bem complicado. Para ajudar, é importante que beba até três litros de água por dia, o que auxilia na formação do leite.

 

Arroto 

Apesar de ser um momento tranquilo, muitos pais ficam preocupados em machucar o bebê na hora de coloca-lo para arrotar. Para evitar problemas, basta segurar seu filho em posição vertical, junto ao seu ombro, até ouvir o arroto. Caso ele mame no peito, é provável que arrote menos, porque ingere menor ar durante a amamentação, então não se preocupem. Já quem toma mamadeira ou possui refluxo, solta mais ar. É muito importante estar atento nesta fase: se seu filho não arrotar de nenhuma maneira, consulte um pediatra.

 

Cólica

A partir dos 15 dias de vida, é comum que os bebês tenham cólicas. É importante que os pais fiquem atentos pelo motivo de, muitas vezes, o chorinho do bebê ser confundido com fome, sono ou fralda suja. Essas dores abdominais são comuns até os 3 meses e acontecem por o sistema digestivo dos nenens não funcionar plenamente. Para ajudar, aqui vai uma dica: mantenha o abdômen do seu filho aquecido, coloque-o de barriga para baixo ou junto ao peito, também vale ajudá-lo a evacuar empurrando as perninhas flexionadas.

 

Choro

Nos primeiros meses, o choro será a única maneira que seu filho terá para se comunicar e pode ter várias causas. Nos primeiros quinze dias, o choro pode ser interpretado como fome. Depois desse período, já é possível diferenciar da fralda suja, febre ou fome. Quando está com fome, por exemplo, os pequenos começam a procurar o seio com a boca ou sugam a mão. Se for só vontade de colo, ele vai se acalmar assim que você o segurar. É só ficar atentos aos sinais físicos do bebê que tudo fica mais tranquilo.

 

Pediatra

A primeira visita ao pediatra deve acontecer três dias após ele sair da maternidade. Na consulta, serão avaliados o ganho de peso, as funções fisiológicas, amamentação. Aproveite para tirar dúvidas com seu médico. Depois disso, as consultas passam a ser mensais.

 

 

 

Fonte: Revista Crescer